recordando a MPB

História da MPB com biografias, cronologia dos sucessos e músicas cifradas.

  • Postagens

    julho 2007
    S T Q Q S S D
    « jun   ago »
     1
    2345678
    9101112131415
    16171819202122
    23242526272829
    3031  
  • Categorias

  • Arquivos

  • Cifrantiga Fotos

    Vanja Orico: Ela tem Sangue Índio

    O cantor das Graças de Iemanjá

    Mary Gonçalves: Ela ama a vida e é amada por todos ...

    Esther de Abreu, o Rouxinol de Coimbra

    Neusa Maria, a Rainha do Jingle

    Nora Ney, a Iracema da Voz de Mel

    Carmélia Alves, a Rainha do Baião

    Adelaide Chiozzo provoca desastres ...

    Ângela Maria, a Revelação de 1952

    Zé da Conceição

    Mais fotos

>Sucessos de 1965

Posted by everbc em 22/07/2007

>1859 1866 1880 1901 1902 1903 1904 1905 1906 1907 1908 1909 1910 1911 1912 1913 1914 1915 1916 1917 1918 1919 1920 1921 1922 1923 1924 1925 1926 1927 1928 1929 1930 1931 1932 1933 1934 1935 1936 1937 1938 1939 1940 1941 1942 1943 1944 1945 1946 1947 1948 1949 1950 1951 1952 1953 1954 1955 1956 1957 1958 1959 1960 1961 1962 1963 1964 1965 1966 1967 1968 1969 1970 1971 1972 1973 1974 1975 1976 1977 1978 1979 1980 1981 1982 1983 1984 1985

1965

A garota do baile, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Acender as velas (samba), Zé Keti
Arrastão, Edu Lobo e Vinícius de Moraes
Carcará, João do Vale e José Cândido
Das rosas, Dorival Caymmi
Eu preciso aprender a ser só, Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle
Festa de arromba, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Festa do Bolinha, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Folhas no ar (samba), Elton Medeiros e Hermínio Bello de Carvalho
Garota moderna, Evaldo Gouveia e Jair Amorim
Gatinha manhosa, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Joga a chave, meu amor (marcha/carnaval), João Roberto Kelly e J. Rui
Malvadeza Durão (samba), Zé Keti
Mascarada (samba), Zé Keti e Elton Medeiros
Mexericos da Candinha, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Minha namorada, Carlos Lyra e Vinícius de Moraes
Minhas madrugadas (samba), Paulinho da Viola e Candeia
Mulata iê iê iê (marcha/carnaval), João Roberto Kelly
Não me esquecerás, Oto Borges
Não quero ver você triste, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Nunca mais brigarei contigo (bolero), Elias Soares e Sebastião Rodrigues
O neguinho e a senhorita (samba), Noel Rosa de Oliveira e Abelardo Silva
O trovador (marcha-rancho), Evaldo Gouveia e Jair Amorim
Opinião (samba), Zé Keti
Os cinco bailes da história do Rio, Silas de Oliveira, Bacalhau e Dona Ivone Lara
Parei olhei, Rossini Pinto
Pau de arara, Carlos Lyra e Vinícius de Moraes
Pedro Pedreiro (samba), Chico Buarque
Primavera, Carlos Lyra e Vinícius de Moraes
Quero que vá tudo para o inferno, Roberto Carlos e Erasmo Carlos
Rancho da Praça Onze (marcha-rancho), João Roberto Kelly e Chico Anísio
Reza, Edu Lobo e Rui Guerra
Rosa de ouro, Elton Medeiros, Paulinho da Viola e Hermínio Bello de Carvalho
Samba de verão, Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle
Saravá (samba/carnaval), Carvalhinho, Jorge Silva e Zilda do Zé
Sentimental demais, Evaldo Gouveia e Jair Amorim
Sinfonia da mata, Adelino Moreira
Terra de ninguém, Marcos Valle e Paulo Sérgio Valle
Trem das onze (samba), Adoniran Barbosa
Um par de alianças (bolero), Leonel Cruz e Gentil Gilberto

Músicas estrangeiras de sucesso no Brasil:

Abbracciami forte, Mogol e Donida
Amore, scusami, Pallavicini e Mescoli
A casa d’Irene, Maresca e Pagani
Don’t Let them Love (Querida), C. Garret e C. Howard
Eight Days a Week, John Lennon e Paul McCartney
Fais Attention (Preste Atenção), Jean Loup Chauby e Bob Du Pac
Fallaste corazón (Falhaste coração)”, Cuco Sanchez
A Hard Day’s Night, John Lennon e Paul McCartney
Help, John Lennon e Paul McCartney
The House of the Rising Sun, Alan Price
Io che non vivo (Senza te), Pino Donaggio e Vito Pallavicini
Ma Vie, Alain Barriere
Michael (Row the Boat Ashore), David Fisher
Ol’Man Mose (História de um Homem Mau)”, Armstrong e Randolph
Que c’est triste Venise, F. Dorin e Charles Aznavour
Red Roses for a Blue Lady, Sid Tepper e Ray Brodsky (lançado em 1948)
Sabor a mí, Alvaro Carrillo
Se Piangi, se Ridi, Mogol, Marchetti e Satti
Shame and Scandal in Family, Donaldson e Brown
Theme from Zorba the Greek, Mikis Theodorakis
The Wanderer (Lobo Mau)”, Ernest Maresca

Cronologia:

28.01: Morre no Rio de Janeiro (RJ) o compositor Marino Pinto.

15.02: Morre em Santa Mônica (Califórnia, EUA) o cantor/pianista Nat King Cole.

01.03: É comemorado o IV Centenário da cidade do Rio de Janeiro.

18.03: Estréia no Teatro do Jovem, no Rio de Janeiro, o espetáculo “Rosa de Ouro”, de de Hermínio Bello de Carvalho, com Clementina de Jesus, Araci Cortes e vários compositores ligados às escolas de samba.

04: Realiza-se o I Festival de Música Popular Brasileira, promovido pela TV Excelsior (Rio de Janeiro e São Paulo) e vencido pela composição Arrastão, de Edu Lobo e Vinícius de Moraes, cantada por Elis Regina.

26.04: É inaugurada a TV Globo do Rio de Janeiro.

01.05: Estréia no Teatro de Arena de São Paulo a peça “Arena Conta Zumbi”, de Augusto Boal e Gianfrancesco Guarnieri, música de Edu Lobo, com o próprio Guarnieri, Lima Duarte e grande elenco.

02.05: O “Pássaro Madrugador”, satélite americano para comunicação comercial, é utilizado pela primeira vez para a transmissão de programas de televisão.

19.05: Estréia na TV Record de São Paulo o programa “O Fino da Bossa”, apresentado por Elis Regina e Jair Rodrigues.

28.07: Nasce em Salvador (BA) a cantora/compositora Daniela Mercury (Daniela Mercury de Almeida Póvoas).

16.08: É transmitido diretamente do ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, o capítulo final da telenovela “O Direito de Nascer”.

22.08: Estréia na TV Record de São Paulo o programa “Jovem Guarda”, comandado por Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléia.

03.09: É inaugurado o Museu da Imagem e do Som do Rio de Janeiro.

03.10: Nasce em Porto Alegre (RS) a cantora/compositora Adriana Calcanhoto.

27.10: É promulgado pelo presidente Castelo Branco o Ato Institucional n° 2, que extingue os partidos políticos existentes e cria o sistema do bi-partidarismo.

13.11: É instituído o Cruzeiro Novo, nova moeda que equivaleria a mil cruzeiros antigos.

12: Estréia no Teatro de Arena, no Rio de Janeiro, o espetáculo “Samba Pede Passagem”, de Oduvaldo Viana Filho e Armando Costa, com Araci de Almeida, Ismael Silva e a participação do MPB-4.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: