recordando a MPB

História da MPB com biografias, cronologia dos sucessos e músicas cifradas.

  • Postagens

    agosto 2007
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorias

  • Arquivos

  • Cifrantiga Fotos

    Vanja Orico: Ela tem Sangue Índio

    O cantor das Graças de Iemanjá

    Mary Gonçalves: Ela ama a vida e é amada por todos ...

    Esther de Abreu, o Rouxinol de Coimbra

    Neusa Maria, a Rainha do Jingle

    Nora Ney, a Iracema da Voz de Mel

    Carmélia Alves, a Rainha do Baião

    Adelaide Chiozzo provoca desastres ...

    Ângela Maria, a Revelação de 1952

    Zé da Conceição

    Mais fotos

Casa de caboclo

Posted by everbc em 13/08/2007

Os versos desta canção “Numa casa de caboco / um é pouco / dois é bom / três é demais”, consagraram-se como um verdadeiro dito popular. Este fato, por si só, comprova a grande popularidade alcançada pela composição, que tornou conhecido o seu lançador, o então jovem cantor Gastão Formenti.
Autores de “Casa de Caboclo”, Hekel Tavares e Luiz Peixoto acabaram inspirando, juntamente com Joubert de Carvalho, uma onda de canções sobre motivos sertanejos, que proliferou no final dos anos vinte. Como acontece muitas vezes a músicas de sucesso, houve à época do lançamento quem considerasse “Casa de Caboclo” plágio de um tema de Chiquinha Gonzaga, levando a discussão aos jornais. Daí a informação que figura em algumas de suas regravações: “Canção baseada em motivos de Chiquinha Gonzaga”.
Casa de caboclo – C. Gonzaga, Luiz Peixoto e Heckel Tavaresclique para ouvir amostra da música

(A)——— Gb7——— Bm——— E7
Você tá vendo essa casinha simplesinha
———————–AE7A
Toda branca de sapê
——————————-E—————- B7
Diz que ela véve no abandono não tem dono
—————————E7—- A
E se tem ninguém não vê
————-Gb7——— Bm————— E7
Uma roseira cobre a banda da varanda
————————A—– D
E num pé de cambuçá
————————-A————— E7
Quando o dia se alevanta Virge Santa
———————(A) (E) (A) (Db7) Gbm
Fica assim de sabiá
————————–Db7—————– D7
Deixa falá toda essa gente maldizente
—————————Db7—— Gb7
Bem que tem um moradô
——————————B7 —————-E7
Sabe quem mora dentro dela Zé Gazela
———————-(A) (E) (A) (E) A
O maió dos cantadô
—————-Gb7——- Bm ————–E7
Quando Gazela viu siá Rita tão bonita
———————–A—- E7—- A
Pôs a mão no coração
—————————E—————— B7
Ela pegou não disse nada deu risada
————————–E7—– A
Pondo os oinho no chão
————Gb7———– Bm ————–E7
E se casaram, mas um dia, que agonia
—————————–A ———-D
Quando em casa ele voltou
———————–A—————- E7
Zé Gazela via siá Rita muito aflita
———————-A (E) (A) (Db7) Gbm
Tava lá Mané Sinhô
—————————Db7——————– Gbm
Tem duas cruz entrelaçada bem na estrada
———————–Db7—- Gb7
Escrevero por detrás:
———————–B7—————- E7
“Numa casa de caboclo um é pouco
————————–(A) (E) (A)
Dois é bom, três é demais”

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: