recordando a MPB

História da MPB com biografias, cronologia dos sucessos e músicas cifradas.

  • Postagens

    agosto 2007
    S T Q Q S S D
    « jul   set »
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    2728293031  
  • Categorias

  • Arquivos

  • Cifrantiga Fotos

Se você jurar

Posted by everbc em 13/08/2007

O samba adotou uma nova forma, livrando-se da herança do maxixe, no final da década de 1920. Para isso concorreu decisivamente a necessidade, percebida por compositores ligados à pioneira escola de samba Deixa Falar, de “amaciar” o ritmo usado na época, adaptando-o a um padrão menos sincopado que facilitasse a fluidez do desfile. Dessa chamada “Turma do Estácio” faziam parte Ismael Silva e Nílton Bastos, autores de “Se Você Jurar”, composição que, sintetizando as novas características, iria se tornar um dos principais modelos dos sambas dos anos trinta.

Grande sucesso do carnaval de 31, nas vozes de Francisco Alves e Mário Reis, “Se Você Jurar” tem uma melodia expressiva, especialmente na segunda parte, que retorna à primeira através de dois acordes preparatórios de passagem, incomuns nas canções da época. Já a letra explora o tema da regeneração do malandro, muito em moda na ocasião. Só que neste caso o malandro não parece muito seguro do motivo da mudança, considerando-o um jogo meio arriscado: “A mulher é um jogo / difícil de acertar / e o homem como um bobo / não se cansa de jogar / o que eu posso fazer / é se você jurar / arriscar a perder / ou desta vez então ganhar…”

Baseado em informação de Ismael, Hermínio Bello de Carvalho assegura em artigo publicado em 1963: “A primeira parte é do Nilton, com a ajuda de Ismael, e a segunda toda de Ismael”. Contrariam essa informação Orestes Barbosa (no livro O Samba) e Mário Reis, que afirmam ser a composição somente de Nilton, enquanto Francisco Alves (em sua autobiografia) atribui o estribilho a Nilton mas se diz autor da segunda parte.
Se você Jurar – 1931 – Ismael Silva e Nilton Bastosclique para ouvir amostra da música
Tom: D
Introdução: A7 D Em-A7 D Em D Em-A7 D A7
D
Se você jurar
A F#7
Que me tem amor
Bm F#7
Eu posso me regenerar REFRÃO
B7
Mas se é
Em
Para fingir, mulher
Bm C#m F#7 Bm
A orgia assim não vou deixar

Bm
A mulher é um jogo
F#7(ou A#º)
Difícil de acertar

E o homem como um bobo
F#7 Bm
Não se cansa de jogar
B7
O que eu posso fazer
Em
E se você jurar
Bm
Arriscar a perder
C#m F#7 Bm Bm-A#7-A7
Ou desta vez então ganhar

(Refrão)

Bm
Mulher tenho sofrido
F#7
Por minha lealdade

Agora estou sabido
Bm
Não vou atrás de amizade
B7
A minha vida é boa
Em
Não tenho em que pensar
Bm
Por uma coisa à toa
C#m F#7 Bm Bm-A#7-A7
Não vou me regenerar
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: