recordando a MPB

História da MPB com biografias, cronologia dos sucessos e músicas cifradas.

  • Postagens

    fevereiro 2011
    S T Q Q S S D
    « abr   mar »
     123456
    78910111213
    14151617181920
    21222324252627
    28  
  • Categorias

  • Arquivos

  • Cifrantiga Fotos

Canarinho

Posted by everbc em 20/02/2011

Canarinho (Aluísio Ferreira Gomes), ator, cantor e compositor, nasceu em Salvador BA em 29/12/1927. Iniciou a carreira por volta de 1949, em Salvador, atuando como crooner em boates, orquestras e dancings, e cantando na Rádio Excelsior.

No Rio de Janeiro a partir de 1940, participou de vários programas de calouros, e de 1953 a 1955 atuou com as orquestras de Lima Filho e do maestro Cipó. Transferindo-se para São Paulo SP em 1955, inicialmente apresentou-se como cantor em rádio, boates e televisão, passando depois a trabalhar como comediante, ator, produtor e apresentador radiofônico.

Sua primeira composição gravada foi Morrendo de amor (com Maximino Parisi), cantada por Antônio Martins, em 1957. Lançou diversas composições carnavalescas, em parceria com A. Brumatti, Maximino Parisi ou Sebastião Ferreira da Silva.

Biografia de Canarinho, para o Museu da Televisão Brasileira

O nome do ator Canarinho é Aloísio Ferreira Gomes. Ele nasceu em Salvador, em 1927. Seu pai chamava-se Gonçalo Gomes. A mãe, Luzia Ferreira Gomes. Eram pobres. O pai morreu assassinado e a mãe faleceu, quando Canarinho tinha 12 anos. Com essa idade, o garoto já era um adulto, cuidava de suas próprias roupas, fazia comida, pagava o aluguel, tinha de se sustentar.

Desde pequeno gostava de música e de arte. Tocava violão e cavaquinho. E cantava bem. Era chamado de “o pequeno Orlando Silva”. Durante a Segunda Guerra Mundial, trabalhou com os norte-americanos, nas bases navais e aéreas de Aratu e Ipitanga, na Bahia.

Aos 17 anos resolveu ser artista. “Um artista”, disse-lhe um amigo fazendo piada: “Um artista precisa ser louro, alto e lindo, e de olhos verdes”. Ao que ele respondeu: “Os que me assistirem, vão me ver: louro, alto, lindo e de olhos verdes”.

Ali o garoto passou a cantar em night-clubs, cabarés, boates e bailes. Fez muito sucesso no Rio de Janeiro, cantando em casas noturnas. Cantava tangos e encantava. Mas seu encantamento era tanto, que as mulheres chegavam a brigar por ele. Foi por isso, diz ele, que resolveu mudar de cidade.”Ou elas se matavam, ou elas me matavam”, diz ele brincando.

Em 1955, chegou a São Paulo, e cantou com o Russo do Pandeiro, ex-integrante do Bando da Lua, na Rádio Nacional.Foi aí que conheceu Kalil Filho, que o levou para a TV Paulista. Logo fez a “Praça da Alegria”, de Manoel de Nóbrega. Nóbrega não apenas o admirou, como se tornou um grande amigo, um pai. Canarinho passou a participar de todos os programas humorísticos. Fez: “Folias do Golias”; “Balança mas não cai”; e vários outros programas.

Tornou-se comediante importante. Mas o garoto era inteligente e atirado. Não apenas participava como ator, mas era diretor e redator de vários programas. Foi o responsável por :”Brincadeira tem hora”;” Programa Show Canarinho”; “Samba e Etc”; “Domingo é Dia”, e outros.

Criou a grande campanha beneficente: “Faça Uma Criança Sorrir” e também a: “Quanto Vale Uma Criança”. Fez novelas , como:”Mãe”, “O Homem que veio do Céu”; “Antonio Maria”; “Paixão Proibida”; “O Homem que Sonhava Colorido”;”Meu Pedacinho e Chão”; “Jerônimo, o Herói do Sertão”. E mais tarde, já na Rede Globo de Televisão, fez: “Sinhá Moça”. Fez também vários filmes, como:”O Dia que o Santo Pecou”; “O Bacalhau”, “Costinha, o Rei da Selva”; ” Pequeno Polegar contra o Dragão Vermelho”; “No Tempo da Vaselina”; “Seduzida para Morrer”; ;”Supertio Maneco”; Na Rede Globo fez ainda : “O Sítio do Pica-pau Amarelo”.

Com o falecimento de Manoel de Nóbrega, que deixou não só Canarinho, mas toda a classe muito triste, passou a participar do programa: “A Praça é Nossa” de Carlos Alberto de Nóbrega, fazendo o quadro “Canarinho ao Telefone”.

Sempre alegre, ele está na mídia do Brasil até hoje, numa das carreiras mais longas, dentre todos os seus colegas Cantor., compositor, comediante, redator, diretor, ele é , acima de tudo, um grande ser humano, capaz de encantar a todos, mas principalmente as crianças, que o amam, o adoram , a quem ele não deixa de beijar, onde quer que as encontre.

Fontes: Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da TV Brasileira; Enciclopédia da Música Brasileira – Art Editora e PubliFolha.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: