recordando a MPB

História da MPB com biografias, cronologia dos sucessos e músicas cifradas.

  • Postagens

    novembro 2017
    S T Q Q S S D
    « maio    
     12345
    6789101112
    13141516171819
    20212223242526
    27282930  
  • Categorias

  • Arquivos

  • Cifrantiga Fotos

Archive for the ‘chico buarque’ Category

>Olhos nos olhos

Posted by everbc em 17/04/2006

>

Nenhum letrista brasileiro supera Chico Buarque na arte de escrever canções para personagens femininas. Numa entrevista à Rádio JB, em 16.5.90, ele afirmou: “fiz muitas músicas de encomenda para teatro. Nesses casos, mais do que os personagens, eu procuro saber quem é o ator ou a atriz que vai interpretá-las. Então, em minha cabeça, eu misturo a figura da atriz com a da cantora que gostaria que cantasse aquela música. Daí saíram canções como ‘Folhetim’, que tem a cara da Gal. Mas às vezes a canção nem é para teatro, como ‘Olhos nos Olhos’, que fiz para Bethânia. Quando terminei ‘Olhos nos Olhos’ eu disse: olha, esta música está a cara da Maria Bethânia.”
Realmente uma composição melodramática como “Olhos nos Olhos” (“Quando você me deixou, meu bem / me disse pra ser feliz e passar bem / quis morrer de ciúme, quase enlouqueci…”) teria mesmo que ser cantada por Maria Bethânia, tal como outras (“Sem Açúcar”, “O Meu Amor”, “Gota d’Água”) que Chico deve ter feito pensando nela, pois até versos banais—como “olhos nos olhos, quero ver o que você faz / ao sentir que sem você eu passo bem demais” — ganham especial dramaticidade em sua voz rouca.
Uma curiosidade: a canção não termina na tônica. Na tonalidade de lá maior, por exemplo, como está no livro Chico Buarque — letra e música, a melodia acaba na nota sol, sétimo grau da escala, o que dá uma sensação de que não termina (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Olhos no olhos (1976) – Chico Buarque

F  Gm7  G#º  F/A  G7/13  G7/5+  Gm7  C7/9-

F Gm7 G#º F/A
Quando você me deixou, meu bem
F/Eb F Bb7+ C#º
Me disse pra ser feliz e passar bem
Em7 A7/5+ Dm7
Quis morre de ciúme, quase enlouqueci
G7/13 Gm7 C7
Mas depois, como era de costume, obedeci
F Gm7 G#º F/A
Quando você me quiser rever
F/Eb F Bb7+ C#º
Já vai me encontrar refeita pode crer
Dm7 C#5+ F/C F/Eb
Olhos nos olhos, quero ver o que você faz
Em7/5- Bb7+ A7
Ao sentir que sem você eu passo bem demais
Dm7 C#5+ D/C
E que venho até remoçando
G/B Bb7+ A7 G#º
Me pego cantando sem mais, nem porque
Dm7 C#5+ D/C
E tantas águas rolaram
G/B C/Bb
Tantos homens me amaram
Em7/5- C7
bem mais e melhor que você
F Gm7 G#º F/A
Quando talvez precisar de mim
F/Eb F Bb7+ C#º
Você sabe que a casa é sempre sua, venha sim
Dm7 C#5+ F/C F/Eb
Olhos nos olhos, quero ver o que você diz
Em7/5- Bb7 A7
Quero ver como suporta me ver tão feliz
FGm7G#ºF/AG7/13
G7/5+C7/9-F/EbBb7+C#º
Em7A7/5+Dm7C7C#5+
F/CEm7/5-G/BC/BbBb7
Anúncios

Posted in chico buarque | Leave a Comment »

>Feijoada completa

Posted by everbc em 17/04/2006

>Chico Buarque

Intro.: A7+ / A6 / A7+ / C#7

F#7 F#7/5+
Mulher,
B7/9
Você vai gostar
Dm6/F E7 A6
Tô levando uns amigos pra conversar
A/G A7/5+ D7
Eles vão com uma fome que nem me contem
F#7 F#7/5+ B7/9 E7
Eles vão com uma sede de anteontem
A6 A7/5+ D7 D#º
Salta serveja estupidamente gelada prum batalhão
A6 F#7/13- D6 Dm6 A6 C#7
E vamos botar água no feijão

F#7 F#7/5+
Mulher
B7/9
Não vá se afobar
Dm6/F E7 A6
Não tem que pôr a mesa, nem dá lugar
A/G A7/5+ D7
Ponha os pratos no chão, e o chão tá posto
F#7 F#7/5+ B7/9 E7
E prepare as lingüiças pro tiragosto
A6 A7/5+ D7 D#º
Uca, açú ... car, cumbuca de gelo, limão
A6 F#7/13- D6 Dm6 A6 C#7
E vamos botar água no feijão

F#7 F#7/5+
Mulher
B7/9
Você vai fritar
Dm6/F E7 A6
Um montão de torresmo pra acompanhar
A/G A7/5+ D7
Arroz branco, farofa e a malagueta
F#7 F#7/5+ B7/9 E7
A laranja-bahia ou da seleta
A6 A7/5+ D7 D#º
Joga o paio, carne seca, toucinho no caldeirão
A6 F#7/13- D6 Dm6 A6 C#7
E vamos botar água no feijão

F#7 F#7/5+
Mulher
B7/9
Depois de salgar
Dm6/F E7 A6
Faça um bom refogado, que é pra engrossar
A/G A7/5+ D7
Aproveite a gordura da frigideira
F#7 F#7/5+ B7/9 E7
Pra melhor temperar a couve mineira
A6 A7/5+ D7 D#º
Diz que tá dura, pendura a fatura no nosso irmão
A6 F#7/13- D6 Dm6 A6
E vamos botar água no feijão

Posted in chico buarque | Leave a Comment »

>Carolina

Posted by everbc em 17/04/2006

>

A timidez de Chico Buarque foi indiretamente responsável pela existência de “Carolina”. Contratado pela TV Globo para comandar “Shell em Show Maior”, ao lado de Norma Bengell, ele chegou a gravar o primeiro programa, mas não houve argumento capaz de convencê-lo a gravar o segundo. Nem mesmo o de que teria de pagar uma multa por descumprimento de contrato.
Foi então que entrou em cena o diretor da emissora, Walter Clark, com a solução conciliatória: a multa seria cancelada em troca da inscrição de uma composição de sua autoria no II Festival Internacional da Canção, promovido pela Globo. Esta composição foi “Carolina”, terceira classificada no festival e pela qual Chico jamais se entusiasmou, apesar do grande sucesso que obteve.
Ainda pertencente ao período lírico-nostálgico que marcou o início de sua carreira, “Carolina” também não entusiasmaria a ala, digamos, mais avançada da crítica. Mas é certamente um belo samba romântico, um tanto amargo, sobre o desencanto de uma mulher que se esqueceu de viver, enquanto “o tempo passou na janela”.
Concluída às pressas, em meio a uma viagem de avião, a composição foi gravada e defendida no festival pelas irmãs Cynara e Cybele, do Quarteto em Cy, recebendo em seguida gravações de Elizeth Cardoso, Isaura Garcia e Nara Leão (A Canção no Tempo – Vol. 2 – Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello – Editora 34).

Carolina (samba, 1967) – Chico Buarque

B7/5+       E7+/9
Caroli .... na
D#m7/5-
Nos seus olhos fun ...... dos
G#7 C#m7
Guarda tanta dor
G#m7 C#7/9- F#m7 B7/9
A dor de to ..... do esse mundo
F#m7 B7/9
Eu já lhe expliquei que não vai dar
E7+/9
Seu pranto não vai nada ajudar
C#m7/9 F#7
Eu já convidei para dançar
F#m7 B7/9-
É hora, já sei, de aproveitar

E7+/9 D#m7/5- G#7/13-
Lá fo .... ra, amor, uma rosa nasceu
C#m7 Bm7 C#7/9-
Todo mundo sambou Uma estrela caiu
F#m7 Am6 E7+/9
Eu bem que mostrei sor .... rindo
C#m7 F#7/13 F#7/13-
Pela janela, ói que lin ..... do
F#7 F#m7 B7/5+
Mas Carolina não viu

E7+/9
Caroli .... na
D#m7/5-
Nos seus olhos tris ...... tes
G#7 C#m7
Guarda tanto amor
G#m7 C#7/9- F#m7 B7/9
O amor que já não existe
F#m7 B7/9
Eu bem que avisei vai acabar
E7+/9
De tudo lhe dei para aceitar
C#m7/9 F#7
Mil versos cantei pra lhe agradar
F#m7 B7/9-
Agora não sei como explicar

E7+/9 D#m7/5- G#7/13-
Lá fo .... ra, amor Uma rosa morreu
C#m7 G#m7/5- C#7/9-
Uma festa acabou Nosso barco partiu
F#m7 Am6 E7+/9
Eu bem que mostrei a e .... la
C#m7 F#m7
O tempo passou na jane .... la
B7/9- G#7/13 G#7 C#7/9-
Só Caroli .... na não viu
F#m7 Am6 E7+/9
Eu bem que mostrei a e .... la
C#m7 F#m7
O tempo passou na jane .... la
B7/9- Em6
Só Caroli .... na não viu
B7/5+E7+/9D#m7/5-G#7C#m7
G#m7C#7/9-F#m7B7/9C#m7/9
F#7B7/9-G#7/13-Bm7Am6
F#7/13F#7/13-G#m7/5-

Posted in chico buarque | Leave a Comment »